Conteúdo Coerente, Evolutivo e Claro
Quem São e Como Identificar os Irmãos de Verdadeira Luz

Quem São e Como Identificar os Irmãos de Verdadeira Luz

Dentro do grande projeto de experiências da Fonte Criadora, infinitos projetos foram criados para que as centelhas divinas, individualizadas em consciências autônomas e com livre arbítrio, se manifestem em uma jornada de ascensão dentro de diversas experiências vivenciadas em diversos pontos desse e de outros projetos planetários.

Não temos ainda a capacidade e nem nos cabe entender no momento o tempo que isso já ocorre, nos cabendo entender agora que cada consciência teve um início de experiências em tempos diferentes, pois este próprio degrau de diferenças de níveis evolutivos também servem como ferramenta para o caminho de ascensão de cada centelha.

Baseado em tais premissas, compreendemos então que incontáveis consciências estão em estágios muito superiores as consciências do projeto shan (projeto atual terrestre).

Estes irmãos mais velhos, que também podem ter suas jornadas evolutivas em condições diferentes entre eles, já entendem que Todos Somos Um e, transcendendo e trabalhando a ferramenta do ego e em plena harmonia com as leis universais e manifestação do amor incondicional, sentem a necessidade de ajudar na evolução das demais centelhas apoiando os processos dos projetos planetários.

O que devemos entender aqui é que irmãos com milhares ou milhões de anos avançados a nossa frente em suas vivências, nada pensam como nossa mente humana.

Nossa mente ainda muito limitada, emotiva, racional, dualista, desarmônica, egoísta, fantasiosa, mística e religiosa, ainda projeta nossas debilidades, costumes, culturas e limitações diversas nestes irmãos mais velhos.

E está tudo certo… É assim mesmo… É o processo evolutivo… é a jornada da experiência pessoal e coletiva.

No entanto falamos e vivenciamos uma escada evolutiva onde devemos continuar essa subida espiral para novos campos de aprendizado, nos libertando das limitações e mudando definitivamente os antigos paradigmas que estancam nosso caminho de ascensão a milênios.

É certo que muitos irmãos mais velhos se utilizaram e ainda utilizam de roupagens que se adaptam à estas limitações para melhorar o entendimento, e até permitir a adaptação de consciências ainda enraizadas nos velhos moldes religiosos, para se fazer entender e chegar a mensagem de luz para maior quantidade de pessoas possíveis.

Como exemplo temos o cristianismo que tem suas origens e as raízes do judaísmo, porém com a aceitação do mestre Jesus como o messias, onde alguns ensinamentos ajudaram muito a controlar as barbaridades de violência que se praticavam inescrupulosamente.

Como explicado anteriormente o comando do Projeto planetário inseriu a raça humana neste planeta e deste sempre são os mentores deste projeto.

No passado as consciências, ainda mais inconscientes do que hoje, em sua ignorância criaram imagens que cabiam em suas mentes limitadas para representar as visitas de irmãos coordenadores do projeto no plano físico para dar instruções a humanidade daquela época.

Não existiam aviões, drones, helicópteros, luz artificial, eletricidade nem nada que temos no dia atual.

Eram somente humanos e animais.

A única coisa conhecida e em grande quantidade que voava naquela época eram os pássaros.

A única coisa que diferenciava o que voava do que não voava eram asas.

Nesta condição, se vissem qualquer coisa voando seria lógico naquela época terem asas.

Como representar então seres que desciam dos céus?

O judaísmo em sua missão de escrita representou esses seres como anjos, assim como outras culturas do planeta representaram cada um a seu modo.

Este exemplo foi dado para que entendam que toda nossa religiosidade e imagens de seres de luz foram condicionados por figuras angelicais, belas, com auréolas, com brasões, armaduras, espadas e uma série de características que representaram algo no momento da criação mental daqueles irmãos que viviam em épocas remotas.

Hoje o que vemos através da tentativa de libertação da religião é a criação da mesma religião porém com atores mais espaciais, nada mais, onde se colocam os santos e anjos característicos do passado em naves extraterrestres e usando mensagens mais globais.

Contudo, apesar de mensagens de amor, esperança e fé, muitos seres guiam o homem ainda para a dependência dessas crenças ainda limitantes e de aprisionamento consciencial, mantendo aqueles que creem ainda na escuridão da dependência religiosa.

Como então descobrir o que é luz do que é a falsa luz, do que acreditar e do que não acreditar?

Segue uma pequena lista de questionamentos a serem feitos sobre toda e qualquer mensagem espiritual e até humana a ser lida:

– Esta mensagem está liberta de crenças?

– Esta mensagem tem atributos religiosos?

– Esta mensagem massageia meu ego?

– Esta mensagem gera dependência do ser que mandou a mensagem?

– Esta mensagem gera dependência de quem escreveu a mensagem?

– Esta mensagem oferece benefícios sem esforços dos que leram?

– Esta mensagem é fantástica?

– Esta mensagem fala de crenças e salvação?
E acima de tudo…

– Esta mensagem ressoa para meu melhor e para o melhor da humanidade seguindo todos os outros questionamentos anteriores?
Pois bem amados irmãos, nossa tarefa é árdua, nos tempos atuais, para não seguirmos guias cegos que usam a tecnologia e redes sociais para se autopromoverem e para ganharem dinheiro com eventos, cursos e atendimentos.

Só peço que sejam criteriosos em assimilar as informações que vos chegam, independentemente dos canais que chegam.

Insisto que não há resgate que não seja o resgate pessoal pelos esforços de mudanças e desalienação dos sistemas de crenças que tanto dividiram a humanidade e alimentaram seres com ausência completa de luz e mal intencionados, tanto fisicamente como extrafisicamente.

 

Os Saúdo na Luz!

Shietnar / Carlos de Oliveira

Missionários de Shan

 

Este post tem 5 comentários

  1. Gratidão irmão,que a luz esteja sempre conosco nessa jornada de grandes mudanças.assim e.

    1. Namastê, Querido Irmão!
      Há tempos venho observado a forte incidência maligna que se alimenta da internet. Chamo pessoalmente, de “Zona Umbralina da Rede”. Sempre entendi a Internet como um passo evolutivo importante pra humanidade… todo o conhecimento do mundo está a disposição de qualquer um e pode ser repassada a milhões simultaneamente… É quase uma “árvore do conhecimento”…
      Sabendo que não fazemos ideia de quem está do outro ladoda rede, poderia ser normal que até mensagens diretas pudessem nos chegar de outros planos espirituais, sem que percebessemos… mas sempre imaginei isso vindo de campos mais elevados… nunca imaginei que fôssemos aceitar as mensagens e o comportamento umbralino que vemos hoje…
      Falo diretamente sobre canalizações e gravações, onde Mestra Nada se preocupa com o valor da passagem ou Mestre Hilarion com a vaga do estacionamento… onde mestres analisam a conjuntura do país e orientam as pessoas a irem a manifestações políticas, como se o tempo de Miguel fosse destinado a amedrontar sobre as balas perdidas no Rio. Ou como outro que li, que reclamava que” o dinheiro pra uma ação de caridade na África deveria aparecer que deveriam dar, que só de orações e palavras o mundo estava cheio”.
      Tem coisa que não dá..
      Imagino irmão, entretanto, que este não deva ser o foco da questão… em todos os lugares as pessoas ouvem tudo, falam demais, se acham demais. Porque talvez até sejam mesmo médiuns ou canais importantes, enviados pra cá pra nós ajudar, e que no meio do caminho vão se perdendo… É assim.. a Terra é densa… raros os que se mantém… a chama interna vai se apagando, apagando, e quando viram, passou… por isso tantos e tantas centelhas… Agumas iluminação… muitas, serão apagadas!
      E o mais impressionante é que a imensa maioria dispensa a Luz… sempre foi e sempre será, nesta densidade. Grande abraço, Simone Gonçalves!

      1. É exatamente esse o âmago das mensagens que trago sob o alerta de falsa luz.
        Gratidão pela conexão irmãzinha!

  2. Excelente! Gratidão.

Deixe seu comentário

Shietnar

Uma Consciência Encarnada com a finalidade de Experiênciar a Materialidade ajudando no Despertar Consciencial Terrestre
Fechar Menu